terça-feira, 5 de maio de 2015

Em mês de baixas vendas, Palio assume 1ª posição e HR-V surpreende


O mês de abril tinha tudo para o Hyundai HB20 alcançar a inédita primeira posição em vendas no Brasil, porém nos últimos dias do mês, o modelo piracicabano foi ultrapassado pelo Fiat Palio e pelo Chevrolet Onix. A margem foi apertada: apenas 30 carros de diferença em relação ao Onix e 88 unidades do Palio a mais. Se entre os carros a disputa foi ferrenha, no segmento das picapes houve uma folga maior da Fiat Strada, a 4ª colocada, em relação à VW Saveiro (décima primeira): mais de três mil unidades de vantagem para a Fiat.

Ainda assim, o mês fechou com queda de 25,2% em relação a abril de 2014 (e cerca de 6,4% em relação a março de 2015), e nenhum automóvel conseguiu ultrapassar a marca de 9 mil unidades, facilmente superável no ano passado pelos cinco carros mais vendidos.


Se nos segmentos de entrada a retração em vendas é notável, o segmento de utilitários esportivos está fervilhando: em seu primeiro mês cheio, o Honda HR-V vendeu mais que Siena e Grand Siena somados (!), superou o Fit (que era o Honda mais comercializado no Brasil) e foi, disparado, o SUV mais vendido, ultrapassando Ford EcoSport e Renault Duster. O Toyota Corolla, em meio a tantos populares, foi o 10º mais vendido do País.

Em abril, alguns dos sedans compactos mantiveram mercado e subiram posições no ranking: Chevrolet Prisma (que ficou à frente do Corolla por ínfimas 10 unidades), VW Voyage e Ford Ka+. No geral, porém, a queda em vendas leva gradualmente à idade média da frota brasileira subir, aumenta as perspectivas de "calotes" aos bancos e eleva a quantidade de concessionárias fechadas: de acordo com Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave, cerca de 250 autorizadas encerraram suas atividades apenas nos três primeiros meses do ano. 

No Piauí...



...o Jeep Renegade teve a mesma quantidade de unidades emplacadas que o Ford EcoSport (!), ainda que suas vendas tenham iniciado apenas no dia 10 de abril. Embora no Brasil a Toyota Hilux tenha liderado o segmento de picapes médias (um feito e tanto, considerando que ainda este ano chega sua próxima geração), no Estado quem manda é a Chevrolet S10, que também destronou a VW Amarok. Se no Brasil o HR-V já está liderando o segmento dos utilitários, por aqui até é fácil ver um rodando - porém muitas vezes sendo unidades de test-drive, porque, por enquanto, as entregas do Honda ainda são limitadas.

...e em Teresina



O Gol continua com líder tanto na capital do Piauí como no Estado propriamente dito, ajudado por condições de compra facilitadas nos feirões, e sua vantagem em relação ao segundo colocado, o Palio, pode ser considerada confortável. O Corolla segue vendendo como carro popular, mantendo a quinta posição entre os mais vendidos (acima de modelos como o Uno). Os compactos Onix, Ka, Sandero e HB20 subiram posições, ao passo que up! e Etios Hatch venderam menos. Nada menos que 92,3% das unidades do Renegade trazidas para o Piauí foram destinadas para Teresina.

Legenda

... = subiu de posição em relação ao mês anterior
... = desceu de posição em relação ao mês anterior
... = manteve a posição no ranking do mês anterior
... = não constava do ranking do mês anterior

Ranking Nacional - 25 mais vendidos


1º Palio --- 8841 unidades
2º Onix --- 8783 unidades
3º HB20 --- 8753 unidades
4º Strada --- 8598 unidades
5º Uno --- 8011 unidades
6º Ka --- 7845 unidades
7º Gol --- 7524 unidades
8º Sandero --- 7238 unidades
9º Prisma --- 5770 unidades
10º Corolla --- 5760 unidades
11º Saveiro --- 5426 unidades
12º Fox --- 5306 unidades
13º HR-V --- 4957 unidades
14º Siena --- 4792 unidades
15º HB20S --- 4419 unidades
16º Voyage --- 4251 unidades
17º Ka+ --- 3909 unidades
18º up! --- 3725 unidades
19º Fit --- 3428 unidades
20º Fiesta --- 3401 unidades
21º Celta --- 3346 unidades
22º Etios Hatch --- 3178 unidades
23º Hilux --- 3030 unidades
24º EcoSport --- 2920 unidades
25º Duster --- 2893 unidades

Ranking piauiense - 25 mais vendidos

1º Gol --- 184 unidades
2º Palio --- 130 unidades
3º Strada --- 127 unidades
4º Siena --- 121 unidades
5º Uno --- 95 unidades
6º Classic --- 91 unidades
7º Corolla --- 89 unidades
8º Prisma --- 78 unidades
9º Onix --- 73 unidades
10º Saveiro --- 65 unidades
11º Ka --- 62 unidades
12º S10 --- 48 unidades
13º Voyage --- 46 unidades
= Etios Sedan --- 46 unidades
15º Sandero --- 43 unidades
16º HB20 --- 42 unidades
= HB20S --- 42 unidades
18º Hilux --- 41 unidades
19º up! --- 39 unidades
20º Etios Hatch --- 36 unidades
21º Fox --- 31 unidades
22º Clio --- 28 unidades
23º EcoSport --- 26 unidades
= Renegade --- 26 unidades
25º Amarok --- 21 unidades

Ranking teresinense - 25 mais vendidos

1º Gol --- 124 unidades --- 67,4% das vendas piauienses

2º Palio --- 92 unidades --- 70,8% das vendas piauienses
3º Siena --- 85 unidades --- 70,2% das vendas piauienses
4º Classic --- 68 unidades --- 74,7% das vendas piauienses
5º Corolla --- 65 unidades --- 73% das vendas piauienses
6º Uno --- 63 unidades --- 66,3% das vendas piauienses
7º Prisma --- 52 unidades --- 66,7% das vendas piauienses
8º Strada --- 49 unidades --- 38,6% das vendas piauienses
9º Onix --- 48 unidades --- 65,7% das vendas piauienses
10º Ka --- 45 unidades --- 72,6% das vendas piauienses
11º Etios Sedan --- 41 unidades --- 89,1% das vendas piauienses
12º HB20 --- 37 unidades --- 88,1% das vendas piauienses
13º Sandero --- 35 unidades --- 81,4% das vendas piauienses
= HB20S --- 35 unidades --- 83,3% das vendas piauienses
= Saveiro --- 35 unidades --- 53,8% das vendas piauienses
16º Etios Hatch --- 32 unidades --- 88,9% das vendas piauienses
17º S10 --- 30 unidades --- 62,5% das vendas piauienses
18º Voyage --- 29 unidades --- 63% das vendas piauienses
19º Hilux --- 26 unidades --- 63,4% das vendas piauienses
20º Clio --- 25 unidades --- 89,3% das vendas piauienses
21º Renegade --- 24 unidades --- 92,3% das vendas piauienses
22º Fiesta --- 18 unidades --- N/A
= Fox --- 18 unidades --- 58,1% das vendas piauienses
24º up! --- 17 unidades --- 43,6% das vendas piauienses
= Amarok --- 17 unidades --- 80,9% das vendas piauienses

Lifan eleva preços de 530 e Foison



Após a disparada do dólar em março de 2015 - que até já recuou significativamente, mas ainda assim mantendo-se acima dos R$ 3 - a Lifan reajusta (para cima) os preços do sedan 530 e do pequeno caminhão Foison. O 530, que era comercializado por R$ 38 990, agora parte de R$ 41 990 na versão Básica (há também a verão Talent das imagens, com central multimídia com GPS, Bluetooth, CD/MP3 Player, entrada para cartão SD e câmera de ré, que por mais 1500 reais é equipada com o pacote "Hyperpack", que engloba bancos revestidos de couro e luzes de condução diurna). São cinco cores de carroceria disponíveis: Prata Skyn, Branco Paci, Preto Cosmos, Vermelho Bizia e Azul Deep.



O Foison passa para R$ 36 790 (1300 reais a mais), mas na prática é preciso pagar mais, já que licenciamento, IPVA e outros tributos não estão inclusos. Com opções de cores Branco Luna e Prata Logan, o utilitário tem 2 anos/40 mil km de garantia e itens como ar-condicionado, rádio com entrada auxiliar, direção hidráulica, airbags e freios ABS. O motor 1.3 rende 85 cavalos e a capacidade de carga é de 800 quilos. Os preços do X60 permanecem os mesmos.

Chevrolet anuncia recall do Captiva: motor pode desligar sozinho


A Chevrolet convoca proprietários de unidades do Captiva 2.4 ECOTEC e 3.6 V6, modelos 2011, 2012 e 2014, fabricadas entre 27 de outubro de 2010 e 03 de setembro de 2013 (ou ainda os modelos que tiveram o módulo eletrônico do chassi substituído fora da rede de oficinas autorizadas, entre dezembro de 2013 e março de 2015) para a inspeção e substituição do módulo eletrônico do chassi.

Existe a possibilidade de ocorrer um curto-circuito no interior deste módulo, afetando suas funções e chegando a causar o desligamento involuntário do motor em movimento, com riscos de acidentes, lesões físicas e danos materiais aos ocupantes e a terceiros.

O serviço é realizado mediante agendamento prévio a partir de hoje, de segunda-feira à sexta-feira, das 8 h às 17:00. O tempo estimado para a execução do recall é de 30 minutos.

Chassis envolvidos

BS557921 a ES538346

Maiores informações

0800 702 4200

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Mercedes-Benz atualiza o veterano Glasse G


Lançado em 1979, desenvolvido para uso militar e ganhando luxo e potência com o passar dos anos, o Mercedes-Benz Classe G (singela abreviatura para Geländewagen) passa por modificações em sua linha 2015. Externamente, não houve muitas modificações em seu jeitão "clássico": as versões G 350 d e G 500 contam com novos para-choques e arcos dos para-lamas na cor da carroceria; há também novas rodas aro 18'' de cinco raios vazados para a versão movida a diesel, além de novas cores bem chamativas (Solar Beam, Tomato Red, Alien Green, Sunset Beam e Galactic Beam). Suspensões e controle de estabilidade também foram revisados, para garantir mais segurança e conforto.


Uma das principais mudanças do Classe G é a adoção do motor 4.0 V8 Biturbo, similar ao adotado no AMG GT e no C 63 AMG, que no jipão G 500 entrega 422 horsepower (entre 5250 e 5500 rpm) e 62,2 kgfm (de 2250 a 4750 rpm), 16% a mais de força. O G 350 d, mais modesto, conta com versões de 211 HP e 55,1 kgfm ou 245 HP e 61,2 kgfm, ambas com propulsor 3.0 V6. Na versão de 245 horsepower, o G 350 d acelera de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos, enquanto a versão G 500 chega à velocidade em 5,9 segundos.


E se os modelos "normais" já dispõem de muita potência e torque, as versões esportivas AMG extrapolam os limites: o AMG G 63 5.5 V8 rende 571 horsepower (27 a mais que antes) e 77,5 kgfm de torque, enquanto o AMG G 65 6.0 V12 entrega 630 horsepower (ganho de 18 HP) e torque de quase 102 kgfm (!). Toda esta força leva a versão de 12 cilindros de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos, enquanto o G 63 cumpre a prova em 5,4 segundos. Estas versões tiveram o quadro de instrumentos redesenhado.


Há ainda a série especial AMG Edition 463, baseada tanto no G 63 quanto no G 65, com detalhes de acabamento em dois tons, couro Nappa, e fibra de carbono em detalhes internos. Os interessados pelo "novo" Mercedes Classe G poderão fazer encomendas a partir de meados de 2015.

sábado, 2 de maio de 2015

Audi RS7 e RS6 Avant reestilizados chegam ao Brasil


Quando o Audi RS 7 Sportback foi lançado no Brasil, em meados de 2014, acabara de ter sido apresentada a versão reestilizada na Europa. Agora, o "cupê de 4 portas" chega renovado ao País, com alterações discretas: faróis com novo formato, grade frontal "Singleframe" com cantos mais vivos e para-choques com entradas de ar levemente redesenhadas. Destaque para as rodas de 21 polegadas com discos de freio de cerâmica, ventilados internamente e com design ondulado para reduzir peso.


Internamente, o RS7 Sportback recebe alterações leves no quadro de instrumentos, nas saídas de ar-condicionado, nos “shift-paddles” para mudança de marchas sequenciais atrás do volante e no emblema "quattro" do lado direito do painel. O modelo traz Head-up Display (projeção de informações em uma tela transparente que emerge do painel, ajudando a manter os olhos na pista), sistema MMI navigation plus com tela sensível ao toque e processador gráfico Nvidia, oferecendo GPS 3D, TV digital, DVD Player e som de alta fidelidade da Bang & Olusfen, além de detalhes em fibra de carbono e bancos com abas mais largas, revestidos em couro e Alcantara.


O motor 4.0 V8 TFSI rende 560 cavalos e 71,4 kgfm entre 1750 e 5500 rpm (mais torque do que o R8!), fazendo-o acelerar de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos e atingir velocidade máxima de 305 km/h. Mas se a intenção é poupar combustível, há o recurso Cylinder on Demand, que permite desligar quatro cilindros. O câmbio tiptronic possui oito marchas, sendo a última alongada, e a tração integral é a permanente quattro, com diferencial esportivo no eixo traseiro. Como opcional, o Night Vision ajuda a identificar objetos em condições noturnas.


Já a perua RS6 - uma das station wagons esportivas mais cultuadas no mundo - possui novidades ainda mais discretas, que envolvem o estilo interno dos faróis e lanternas, além da grade, ponteiras de escape, saias laterais e das entradas de ar. O conjunto mecânico é o mesmo do RS7: motor V8 biturbo, câmbio tiptronic com oito marchas e tração integral quattro: a Avant acelera de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos e atinge 305 km/h, números louváveis para seu "corpinho" de 4,98 metros de comprimento por 1,94 m de largura, que registra 2010 quilos na balança. 


As características dinâmicas podem ser modificadas pelo Drive Select, oscilando entre uma tocada mais urbana ou mais esportiva. Seu lado familiar aparece ao abrir o porta-malas: são 565 litros até a tampa retrátil do bagageiro. RS6 Avant e RS7 Sportback se juntam à família nervosa da Audi no Brasil, composta por RSQ3, RS4 Avant, RS5, R8 e, no fim de 2015, pelo RS3 Sportback.


sexta-feira, 1 de maio de 2015

VW Gol completa 35 anos com desconto de até R$ 5 mil



Outrora o carro mais vendido do Brasil, o Volkswagen Gol celebra 35 anos neste mês de maio com condições facilitadas de compra: descontos em cima dos (altos) valores de tabela de até R$ 5000 e financiamento com parcela de 35 reais até o final de 2015 (a promoção para financiamentos inicia no dia 10 de maio e perdura até o fim deste mês).

Exemplo: a versão 1.0 Trendline 2015/2015 com 4 portas, ar-condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas das portas e do porta-malas, preparação para som (com antena no teto), desembaçador, limpador e lavador traseiro, espelhos nos para-sóis, tomada 12 Volts e regulagem de altura do banco do motorista, tabelada em R$ 41 620, sai neste fim de semana por R$ 36 490. A promoção dura até 9 de maio e é válida somente para carros com pintura em cor sólida (vermelho, branco ou preto).


O Gol surgiu em 1980, ainda com motor 1300 refrigerado a ar; sua aceitação inicial no mercado foi pouco calorosa, mas aos poucos o VW foi ganhando melhorias e versões esportivas (GT, GTS e GTi), além da família (Voyage, Parati e Saveiro). Foi o primeiro carro do Brasil a contar com injeção eletrônica (1988) e o primeiro flex-fuel (2003). Passou por diversas reestilizações ao longo de seus 35 anos, mas as consideradas gerações 3 e 4 são alterações mais substanciais do "Gol Bolinha", o G2 - assim como o atual modelo, conhecido por alguns como G6, é uma atualização do Gol lançado em 2008.



A versão Special não participa da promoção. O Gol Highline 1.6, que traz computador de bordo I-System com dicas de redução de consumo de combustível, sensor de estacionamento traseiro, aerofólio, faróis e lanterna de neblina, retrovisores elétricos com luzes de seta e função tilt-down no espelho direito ao se engatar a ré, ar-condicionado com filtro de poeira e pólen, 4 vidros elétricos, para-sóis iluminados, faróis de dupla parábola com máscara negra e rádio/CD Player com entradas USB e auxiliar, com 4 alto-falantes e 2 tweeters, por R$ 52 420, poderá ser comprado por R$ 47 420. A "bonança" se explica pelo reajuste para cima de preços promovido recentemente pela VW em discrepância com os valores realmente praticados nas concessionárias e por serem unidades 2015/15. Veja aqui as novidades do Gol na linha 2016.



Audi festeja inauguração da concessionária em Teresina


Na semana passada, postamos no Auto REALIDADE detalhes sobre os modelos disponíveis no Audi Center Teresina. E agora, na última quarta-feira, ocorreu a cerimônia de inauguração da concessionária [a quadragésima-primeira do Brasil], que contou com a participação de Lívia Guimarães, representante do grupo Meio Norte, e de Alexandre Gaeta, gerente nacional de vendas da Audi Brasil - que antecipou a chegada do A3 Sedan Flex produzido em São José dos Pinhais (PR) para o mês de setembro, enquanto o Q3 será nacionalizado em 2016 - fruto de um investimento de cerca de US$ 500 milhões. Além disso, o TT em breve estreia sua nova geração no País. Todos os modelos atualmente oferecidos pela Audi poderão ser encomendados na capital do Piauí.





Para atrair ainda mais atenção, uma bela equipe de modelos esteve ao lado de alguns dos carros. Falando neles, estavam por lá: A1 Sportback, A3 Sedan, A4, dois A5 Sportback, dois Q3, Q5, SQ5 (em uma área separada), TT, R8 Spyder e o A3 Cabrio. A autorizada é localizada de frente para a Canadá Veículos, em um terreno de 1160 metros quadrados (onde ficava o estacionamento da loja City Lar), em substituição ao showroom compartilhado com os carros da Volkswagen na Alemanha Veículos. 


Os interessados poderão fazer test-drive no A3 Sedan (1.4 e 1.8), no A5 Sportback e no Q3 (curiosamente sem identificação de que se trata de um carro para teste, como é comum - mesmo entre marcas premium como a Mercedes-Benz). O mês de março de 2015 estabeleceu o recorde histórico de vendas, ajudado pelas condições de compra oferecidas no Open Haus.



Apesar da crise automotiva generalizada, no primeiro trimestre de 2015, a Audi teve um aumento de 22% nas vendas, e em 2014, cresceu 86,6% no Brasil. Os resultados otimistas motivaram a abertura de 13 novas concessionárias no ano passado, a construção do Centro de Treinamento para capacitação de técnicos e a ampliação da capacidade de armazenagem do Centro de Distribuição (agora, mais de 92% das peças estão disponíveis para pronto atendimento).

Até 2020, o plano é expandir o número de concessionárias para 67 em todo o Brasil. Confira as imagens dos Audi presentes no showroom:



Audi A1 Sportback Attraction
Principais equipamentos - ar-condicionado, teto solar panorâmico (opcional), câmbio S tronic de 7 marchas, seis airbags, faróis de bi-xenônio com regulagem automática de altura, teto moldado em tecido, computador de bordo entre os instrumentos, sistema de som com tela manualmente retrátil, entrada para cartão SD e CD Player.
Motorização - 1.4 TFSI de 122 cavalos e 20,4 kgfm de torque
Peculiaridades - aproximadamente do tamanho do Gol, o A1 é obrigatoriamente pintado em cores contrastantes: o teto e os arcos laterais diferem da tonalidade predominante na carroceria.
Preços - de R$ 95 990 (Attraction) a R$ 109 990 (Ambition)



Audi A3 Sedan Ambition
Principais equipamentos - ar-condicionado digital dual-zone, sistema multimídia com GPS e tela eletricamente retrátil de 5,8 polegadas e memória interna de 40 GB, airbags frontais, laterais, de cortina e para os joelhos do motorista, dez alto-falantes, teto solar elétrico, luzes de leitura dianteiras e traseiras.
Motorização - 1.8 de 180 cavalos e 25,5 kgfm de torque
Peculiaridades - trata-se de um dos Audi mais bem-sucedidos em vendas no País (tanto que foi um dos que mais reuniu pessoas em torno de si). O Sedan chega a ofuscar o Sportback, que nesta inauguração não teve exemplares expostos. Seu porta-malas comporta a modesta capacidade de 425 litros (o hatchback leva 380 L).
Preços - de R$ 97 990 (1.4) a R$ 138 990 (Ambition 1.8)
Veja mais imagens do A3 Sedan clicando aqui.


Audi A4 Sedan 1.8 
Principais equipamentos - ar-condicionado automático, shift-paddles para trocas sequenciais de marcha, volante de base achatada, bancos de couro sintético, rodas aro 17'', controle de estabilidade, sensores de estacionamento na traseira.
Motorização - 1.8 de 170 cavalos e torque de 32,6 kgfm
Peculiaridades - no início do ano, o sedan estreou o motor 1.8 em substituição ao 2.0, uma forma de conter o consumo de combustível e a emissão de poluentes, sem decair tanto em desempenho graças à injeção direta e indireta de combustível simultânea. A potência foi reduzida em 10 cavalos, mas o torque se manteve e agora é ofertado a partir de 1400 rpm. 
Preços - R$ 138 990 (Attraction)/R$ 147 990 (Ambiente)
Confira mais detalhes sobre o Audi A4 1.8 TFSI clicando aqui



Audi A5 Sportback
Principais equipamentos - ar-condicionado automático, bancos revestidos em couro com ajustes elétricos nos assentos da frente, controlador automático de velocidade, faróis de bi-xenônio com luzes diurnas de LED, freio de estacionamento elétrico.
Motorização - 1.8 TFSI de 170 cavalos e 32,6 kgfm de torque
Peculiaridades - Apesar de ter recebido o motor 1.8, o A5 Sportback conserva o propulsor 2.0 TFSI na versão Ambition, que custa R$ 222 990.
Preços - Equipado com motor 1.8 na versão Attraction Multitronic, o preço é de R$ 155 990; o A5 Sportback Ambiente passa para R$ 167 990.


Audi Q3 quattro
Principais equipamentos - ar-condicionado, 6 airbags, controle de estabilidade, sistema de som com 8 alto-falantes, faróis com bi-xenônio, ajuste elétrico do banco do motorista e, nas versões mais completas, teto solar panorâmico e ar-condicionado digital dual-zone com saída para os ocupantes traseiros.
Motorização - 2.0 TFSI de 170 cavalos e 28,6 kgfm de torque
Peculiaridades - O Q3 é baseado na plataforma PQ35 do Volkswagen Tiguan, mas sua aparência (inclusive por dentro) é semelhante à do Q5, uma categoria acima. Há o "pacote de luzes", com focos em locais como porta-copos, apoios das portas e no porta-objetos abaixo dos comandos de ar-condicionado, compondo um ambiente agradável.
Preços - partem de R$ 141 990 (Attraction) e chegam a R$ 179 990.





Audi Q5 quattro Ambiente
Principais equipamentos - teto solar elétrico panorâmico, rodas de liga leve aro 19'', tração integral, sistema de controle de velocidade em descidas, ar-condicionado automático com saída traseira, sistema de som com dois leitores de cartão SD, cartão SIM, Rádio CD/MP3 Player com Bluetooth, onze-alto-falantes e tela de sete polegadas.
Motorização - 2.0 TFSI de 225 cavalos e 35,7 kgfm de torque
Peculiaridades - o Q5 foi lançado mundialmente em 2008 e passou por uma reestilização leve em 2012; foi um dos primeiros modelos a ser baseado na plataforma modular MLB, junto com A4 e A5, o que explica seu motor ficar em posição longitudinal.
Preços - partem de R$ 221 990 e chegam a R$ 271 990; a versão intermediária Ambiente custa R$ 244 990.


Audi TT
Principais equipamentos - ar-condicionado automático, direção eletro-hidráulica progressiva, airbags dianteiros e laterais, Rádio/CD-MP3 Player com conexão para iPod, rodas aro 18'', iluminação de LEDs, volante com ajuste de altura e profundidade com comandos de som, controles eletrônicos de tração e estabilidade.
Motorização - 2.0 TFSI de 211 cavalos e 35,7 kgfm de torque
Peculiaridades - Ele está chegando ao fim do ciclo da segunda geração, mas o TT conserva o estilo simpático e as características que o consagraram: um cupê 2+2 com bom padrão de acabamento, carroceria curta e relativamente leve (1280 quilos), que em conjunto com o motor 2.0 TFSI e o câmbio de dupla embreagem e 6 marchas, confere bom desempenho: aceleração de 0 a 100 km/h em 6 segundos e velocidade máxima de 245 km/h.
Preço - O modelo 2014 do TT é avaliado em R$ 209 500.



Audi R8 Spyder
Principais equipamentos - capota de tecido com acionamento elétrico e santantônio embutido, ar-condicionado automático, tração integral, rodas aro 19'', sensor de luminosidade, de chuva e de estacionamento (dianteiro/traseiro), limpador dos faróis, controles de tração e estabilidade, sistema de som com GPS, Bluetooth, entradas USB e para cartão SD e iPod, Rádio/CD-MP3 Player, comandos de som no volante e 12 alto-falantes
Motorização - 5.2 FSI V10 de 525 cavalos e 54 kgfm de torque
Peculiaridades - O R8 já é figura conhecida desde a inserção da Audi no mercado teresinense em agosto de 2014, ocasião onde foi exposto no Coco Bambu. O modelo "repousava" próximo aos estoques de modelos da Audi e nos últimos meses ficou exposto do showroom da Alemanha Veículos. Ouça no vídeo abaixo a fera acelerando... é disparado o modelo mais rápido presente na inauguração: acelera de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos e alcança 313 km/h.
Preços - Custa R$ 911 990 em preço de tabela, mas na prática seu valor é de R$ 810 000.





Audi SQ5
Principais equipamentos - banco dianteiro com ajustes elétricos e três memórias de posição, teto solar panorâmico, rodas aro 20'', ar-condicionado automático com saídas de ar traseiras e controle de ar secundário, tração integral, retrovisores externos e interno eletrocrômicos, sistema de som com oito alto-falantes.
Motorização - 3.0 V6 de 354 cavalos e 47,9 kgfm de torque
Peculiaridades - Quase ninguém fez questão de dar uma olhada no SQ5 - talvez por estar em uma sala isolada, talvez pelo seu jeitão discreto... mas o modelo, trazido do Audi Lounge em São Paulo, reserva surpresas no que diz respeito ao desempenho: o belo motor V6 TFSI o faz acelerar de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos - só não ultrapassa 250 km/h porque a velocidade é limitada eletronicamente. Internamente, se destaca pelo volante de base aplainada, pelos bancos com apoios mais largos e pelo quadro de instrumentos de fundo branco.
Preço - O SQ5 custa R$ 331 990.

ã




Audi A3 Cabriolet Ambition
Principais equipamentos - o modelo conversível traz lista de equipamentos similar ao A3 Sedan topo-de-linha: cinco airbags, ar-condicionado com duas saídas traseiras, direção elétrica, sistema de som com 4 alto-falantes, Rádio/CD-MP3 Player, tela eletricamente retrátil, freios a disco (ventilados na dianteira) com ABS, EBD, BAS e frenagem multi-colisão, rodas aro 17'' e volante ajustável em altura e distância.
Motorização - 1.8 TFSI de 180 cavalos e 25,5 kgfm de torque
Peculiaridades - Assim como o R8, o A3 Cabrio traz capota de tecido acionada eletricamente (recolhe-se ou se levanta em 18 segundos, operação que pode ser feita com o carro a até 50 km/h), mas o modelo não nega o forte parentesco com o A3 Sedan Ambition: painel e traseira são praticamente idênticos entre os dois. O porta-malas passa a ter capacidade de 320 litros. Apesar de não ter muitas pretensões esportivas, o Cabriolet acelera de 0 a 100 km/h em 7,8 segundos e alcança a velocidade máxima de 242 km/h. Leva quatro pessoas, mas os bancos de trás são mais recomendados para crianças.
Preço - Seu valor de tabela é de R$ 165 990.




Dê um like!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...